terça-feira, 30 de abril de 2019

Os benefícios das novas tecnologias na educação


As novas tecnologias na educação são uma importante ferramenta para dinamizar o processo de ensino-aprendizagem. Se aplicada de modo responsável e criativo, a tecnologia pode apresentar diferentes benefícios para os alunos e até mesmo para a equipe de educadores. Com a popularização dos aparatos tecnológicos, é comum que as novas gerações tenham esses equipamentos inseridos em seu dia a dia, e a escola não deve estar alheia a essas influências. 

Importante ressaltar que a tecnologia não substitui o papel dos professores na educação, sendo fundamental que os educadores saibam conduzir a utilização dessas novas mídias e softwares. Um aparelho de última geração não garante o aprendizado do estudante, o que torna essencial a figura do professor (a) nesse processo. Quando o equilíbrio é encontrado, o uso de equipamentos, softwares e mídias contribuem para o desenvolvimento cognitivo dos alunos e auxiliam os professores a despertar a curiosidade dos estudantes. Confira alguns dos principais benefícios das novas tecnologias na educação. 

Torna as aulas mais atrativas 
Despertam a curiosidade e atenção dos alunos 
Melhoram a produtividade 
Auxiliam os educadores a dinamizar as aulas
Contribuem para o aproveitamento escolar extraclasse

Agora que você conhece a influência da tecnologia na educação, é importante analisar o projeto pedagógico da escola e conversar com a coordenação para verificar como a instituição introduz a tecnologia no processo educativo. Para encontrar instituições que compreendem a importância e as vantagens de ter um plano de ensino com abordagens diferenciadas, conte com o Educa Mais Brasil. 

O maior programa de inclusão educacional do país é parceiro das melhores instituições de ensino e disponibiliza bolsas de estudo com desconto de 50% em escolas da educação básica (educação infantil, ensino fundamental e médio). Para conseguir o benefício realize a sua inscrição gratuita no site www.educamaisbrasil.com.br/educacao-basica

Fonte: E+B Educação | Gabriele Silva

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Alunos da Escola Neutel Maia iniciam curso de Informática Básica

Informática Básica na Escola Neutel Maia
 (Foto: Clícia Araújo Ascom/SEE)
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Cultura e Esportes (SEE), realizaram na manhã desta terça-feira, 23, a Aula Inaugural das primeiras turmas do curso de informática básica na escola Neutel Maia.

Essa é uma ação do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) da SEE, com previsão de ser estendida a todas as escolas estaduais, de maneira que fortaleça o ensino da tecnologia junto aos estudantes.A escola Neutel Maia foi escolhida como piloto do projeto e atende duas turmas no período da manhã e duas turmas à tarde. A seleção foi feita pela equipe da escola e cada turma possui 20 alunos, que estudam no contra turno. As aulas acontecem duas vezes por semana. A duração do curso é de dois meses e meio, com carga horária de 40h.

“É uma ação inovadora, pois os cursos antes eram oferecidos apenas no Centro de Referências e Inovações Educacionais (CRIE) e agora nós vamos chegar às escolas oferecendo o curso de informática básica para os alunos. Foi um pedido que o governador fez ao Secretário de Educação Mauro Cruz, que prontamente atendeu, e a secretaria tem aproximado os serviços e as ações ao aluno dentro da escola. É a educação fazendo a sua parte, fazendo com que o acesso a informação digital chegue aos seus filhos” esclarece a chefe do departamento de Inovação, Raquele Nasserala.

Ação do Estado junto a SEE com o NTE nas escolas
(Foto: Clícia Araújo Ascom/SEE)
A SEE está priorizando as ações nas escolas e está disponibilizando aos alunos da rede estadual o acesso a informação digital. A próxima escola que será atendida é a escola Heloísa Mourão Marques. A equipe do NTE, no entanto, garante que a qualidade do ensino nas escolas é a mesma oferecida nos espaços do CRIE.

“Está sendo bem gratificante receber esse projeto na escola. Quando recebemos a proposta abraçamos a oportunidade e os alunos aderiram em peso, os pais estão apoiando e nos procurando para inserir seus filhos. É uma oportunidade única, tanto para os alunos quanto para as famílias, que não precisam pagar pelo curso”, afirma a profª Maria de Jesus Pontes, gestora da escola Neutel Maia.
Aula inaugural do Curso de Informática Básica
(Foto: Clícia Araújo Ascom/SEE)
Segundo Katrine Vitória, aluna do 7º ano, é uma grande oportunidade poder fazer o curso, pois há tempo estava tentando e não conseguia uma vaga, e agora que o curso está sendo oferecido na escola, aproveitou a chance, pois tem o sonho em se especializar em tecnologia da informação futuramente.

De acordo com Raquele Naserala, que já foi gestora da escola Neutel Maia, o laboratório de informática já existe há algum tempo, mas antes só era utilizado para outras atividades escolares e quase nunca os alunos usavam as máquinas, somente para fazer pesquisas na internet e agora vão poder fazer o curso, se capacitar e receber um certificado.

Por Clícia Araújo Ascom/SEE)

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Acre está na vanguarda do uso das tecnologias na educação

Ao completar 20 anos, NTE leva educação digital a todo o Estado.
Em 1998, o governo federal lançou o Programa Nacional de Tecnologia e Informática Educacional, o Proinfo. Naquele momento, poucos Estados acreditaram na nova proposta. Ato contínuo, o governo do Acre criou, em Rio Branco e em Cruzeiro do Sul, o Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE), que funciona até hoje.

Com o objetivo de fomentar o uso das tecnologias de forma pedagógica nas escolas de ensino fundamental e médio, o Programa nasceu um pouco tímido. Apenas seis escolas receberam computadores, mas já foi o suficiente para mudar a postura pedagógica de lá para cá.

Atualmente, o NTE dispõe de videoteca, uma equipe pedagógica da TV Escola, que realiza oficinas de produção e edição de vídeos e também realiza cursos para a formação e capacitação dos professores para o uso das novas tecnologias em sala de aula.

Mas não foi um caminho fácil. Em Cruzeiro do Sul, o NTE logo ganhou a sua sede e, mais recentemente, está instalado no Centro de Referência de Inovações da Educação (CRIE). Já em Rio Branco, o Núcleo ganhou uma sede própria em 2000, mas passou por diversos espaços até, em 2013, ficar instalado também no CRIE da capital, um esforço do governador Tião Viana. “Já passamos por momentos de continuidade e de descontinuidade”, informa a assessora pedagógica do NTE, Rosa Braga.

O NTE possui também um programa de formação pela escola que oferece ao menos sete cursos dentro dos Programas do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), como o Livro Didático, o Transporte Escolar e a Merenda Escolar. “O Proinfo ainda existe e estamos trabalhando ele em alguns laboratórios”, destaca.

Para se ter uma ideia da importância do NTE na política educacional do Estado, de 2008 até 2015 foram abertas mais de 200 turmas para a formação de professores no uso pedagógico das novas tecnologias.

Um outro programa importante é o Educação Conectada, que este ano já disponibilizou mais de R$ 300 mil para ser utilizados pelas escolas na contratação de uma segunda internet, garantindo assim o acesso dos profissionais às mídias e aos conteúdos digitais. Ao todo são 178 escolas beneficiadas. “Com isso, melhoramos a conexão”, destaca.

Dessa forma, a partir das parcerias realizadas pelo governo do Estado, o uso das tecnologias dentro de uma nova pedagogia está sendo utilizada nos 22 municípios, beneficiando as escolas urbanas e até mesmo 24% das escolas rurais que funcionam próximo às cidades. “Nelas, chegamos com laboratório, com formação e também com o computador interativo Proinfo”, afirma Rosa Braga.

Mais quatro núcleos

Além dos núcleos de Rio Branco e de Cruzeiro do Sul, o governador Tião Viana e o secretário Marco Brandão criaram mais quatro núcleos, o que permite atender todos os municípios acreanos e capacitar os professores no uso dessas novas tecnologias voltadas para a educação.

O Núcleo de Rio Branco, que funciona no CRIE, atende os municípios de Bujari e Porto Acre. Já o NTE de Cruzeiro do Sul, que também funciona na sede do CRIE, atende os municípios de Porto Valter, Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima e Rodrigues Alves.

O NTE de Tarauacá, criado em 2011, atende, além deste, também os municípios de Feijó e Jordão. O de Sena Madureira é responsável pelo atendimento dos municípios de Manuel Urbano e Santa Rosa do Purus.

O de Xapuri, que por uma questão de logística foi transferido para Brasiléia, atende, além desses dois municípios, também Epitaciolândia e Assis Brasil. E o NTE de Acrelândia é responsável pelo atendimento das escolas e dos profissionais de Capixaba, Plácido de Castro e Senador Guiomard.

Plataforma EDUC

Em uma parceria com o Instituto Natura, o Instituto Inspirare e outros parceiros, o governo do Estado, por meio do NTE, lançou o programa Escola Digital, que é uma plataforma (educ.see.ac.gov.br) que tem domínio próprio onde são disponibilizados mais de seis mil objetos digitais, entre jogos, softwares, laboratórios virtuais e biblioteca, onde o professor pode utilizar em sala de aula.

“A partir dessa plataforma, que é um domínio próprio e que tem mais de seis mil objetos digitais, o professor pode utilizar para melhorar a aprendizagem na escola”, destaca a coordenadora de tecnologia educacional, Gleice Moreira.

“Sem falar Educação Conectada, um programa por meio do qual o governo federal repassou, recentemente, mais de R$ 300 mil para as escolas para que elas possam contratar diretamente o serviço de internet, sendo que cada uma das 178 escolas recebeu parte desses recursos”, explicou. (assessoria NTE)

Programa Educação Conectada vai oferecer cursos na área de tecnologia para estudantes da rede pública

Alunos praticando exercícios(Foto:Ariel Lima)
O Núcleo de Tecnologia Educacional- NTE, além de acompanhar o programa do governo federal Educação Conectada, oferece vários cursos na área de tecnologia dando prioridade às escolas. O intuito é levar o acesso a internet para dentro das instituições de ensino. Com apoio do secretário de Educação Mauro Cruz, o programa federal tem ganhado força e incentivo, abrindo as portas para alunos da rede pública e comunidade.

“No decorrer desse ano, a gente passou a oferecer os cursos de uma forma mais abrangente. Antes a gente já oferecia, mas hoje a ideia é ofertar para um público maior, estendendo para pais de alunos e comunidade”, conta Rarismar Bezerra, chefe da divisão de Tecnologia Educacional do NTE.

A ideia é se preparar para o mercado de trabalho acrescentando um curso de informática básica ao seu currículo. “A informática é essencial seja no estágio, emprego e até mesmo para o dia a dia”, afirma Rarismar Bezerra.

Ezequiel Nascimento, de 13 anos, fala sobre sua intenção ao fazer o curso “Quero ser o melhor, aprendendo e ensinando, antes eu só ficava em casa no tempo livre, agora eu acordo cedo e venho paro curso, com orgulho”, diz.

“Eles estão se saindo muito bem, superando nossas expectativas, cada um tem se dedicado realmente aos exercícios que são propostos em sala”, conta a formadora que atua no curso Patrícia Geber.

As inscrições podem ser feitas no NTE, que fica no Centro de Matemática, Ciência e Filosofia do Acre- CRIE ou através do link http://see.ac.gov.br/cursos-nte/

Os cursos oferecidos são:

Informática básica
Internet (segurança na internet)
Pacote office
Oficina de edição de vídeo.

No momento apenas um dos dois laboratórios estão funcionando atendendo 36 alunos no período da manhã e 18 no turno da tarde. Devido à grande procura existe um lista de espera e assim que as turmas forem formando novas serão iniciadas.

A intenção é criar polos em escolas que possam ser referência ainda esse ano, para fornecer aos alunos e a comunidade o mesmo serviço que hoje está em execução no CRIE. Aproveitando espaços que já existem, mas que precisam passar por um ajuste.

FONTE: Agência de Notícias do Acre


NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL - NTE - TARAUACÁ


O Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) é uma estrutura descentralizada de apoio permanente ao processo de introdução da tecnologia nas escolas públicas. 

Nele estão sendo preparados os professores dos Ensinos Fundamental e Médio e os Técnicos de Suporte á Informática Educativa das escolas . 

Cada núcleo dispõe de uma equipe composta por educadores (multiplicadores) e especialistas em Informática Educativa, que foram capacitados através de cursos de especialização ministrados pelas principais universidades do país.

Em Tarauacá, o NTE está localizado no prédio do Cedup/Polo UAB.

Os NTEs dispõem de laboratórios semelhantes aos das escolas, de forma a reproduzir o ambiente tecnológico que estará disponível para os professores e alunos, além de equipamentos para teste e avaliação de programas educativos.

As principais funções do NTE são:

  • Capacitar professores e Técnicos de Suporte;
  • Prestar suporte pedagógico e Técnico às escolas;
  • Pesquisar, desenvolver e disseminar experiências educacionais;
  • Interagir com as Coordenações Regionais e Nacionais do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (Proinfo);
  • Sensibilizar e motivar as escolas para incorporação da tecnologia de informação e comunicação;
  • Formação continuada dos professores e das equipes administrativas das escolas;
  • Acompanhamento e avaliação local do processo de informatização das escola.

CAPACITAÇÃO E CERTIFICAÇÃO

O Núcleo de Tecnologia Educacional - NTE - Tarauacá capacitou e certificou 26 servidores da rede estadual e municipal de educação sobre o uso responsável e ético da internet com ênfase nas redes sociais. 

Participaram diretores, professores, técnicos e coordenadores de ensino. Os resultados já estão sendo aplicados nas formações iniciais deste ano segundo depoimento de vários gestores. Significa que o encontro teve relevância e foi muito positivo para todos os presentes.

sexta-feira, 2 de março de 2018

NTE PROMOVE SEMANA PEDAGÓGICA E CAPACITA SERVIDORES


O Núcleo de Tecnologia Educacional - NTE, está promovendo em Tarauacá a semana pedagógica para os três servidores do órgão. O encontro acontece no Polo Uab, prédio do Cedup.


De acordo com a Professora Maria Livramento (Jóia), a atividade inclui ações de capacitação, orientação e preparação para o trabalho que será desenvolvido em 2018. "Estamos nos preparando para inserir cada vez mais na nossa rede de ensino e nos nossos profissionais, os recursos educacionais digitais necessários para o desenvolvimento de um bom ensino", destacou a coordenadora. 


O professor formador e responsável técnico do NTE, Eronildo Marques, apresenta a educação conectada através da Plataforma MEC e os profissionais vão conhecendo os recursos educacionais digitais, materiais para formação incluídos em cada módulo. "A plataforma MEC assim como a Educ direciona o estudo e as pesquisas para o portal Mec e a TV Escola. Assistimos trechos do filme 'A Arte do Açúcar', voltado para o ensino básico do 1º ao 5º ano para ser trabalhado pelo professor de artes, geografia, historia e ciências. Vimos também temas voltados para o ensino especial e conteúdo de preparação para o Enem", disse Eronildo.

Eronildo disse ainda que os módulos são super extensos. Enquanto a Educ disponibiliza 6000 recursos do MEC tem mais de 28000. "Em um dos vídeos vimos do grande desafio que é a integração das tecnologias em rede e o currículo escolar. Fala da participação de todo escopo escolar inclusive dos Ntes e Ntms". Estudamos também os principais pontos do Decreto 9.204 sobre a Educação Conectada", concluiu.


A professora Elizângela Aragão também compõe o órgão exercendo a função multiplicadora. 

Uma extensa pauta está sendo cumprida com estudo e análise do novo regulamento do concurso de curta metragem 2018 entre as escolas, que trata das comissões, critérios de avaliação e premiação, estudo e análise do novo regulamento do concurso de Fanpage, que é a criação da página do Facebook das escolas que substituem os blogs este ano e também trata das comissões, critérios de avaliação e premiação.


O período de análise e de inscrições será de 20 de março em diante. As criações irão até junho. As 20 melhores Fanpage serão classificadas assim como os curtas. Dia 1 de agosto se encerra a votação que inclui curtidas e seguidores e 31 de agosto será a premiação para 1° 2° e 3° lugar.

Assessoria de Comunicação 
Núcleo Estadual de Educação
Tarauacá - Acre